Cadastrar imóvel imobiliária

Informativo

Escolha certa para construir

Rosana Zica - Estado de Minas

Compra de terreno para erguer casas ou apartamentos exige cuidados especiais, como observar desníveis ou identificar a qualidade do solo, para evitar gasto desnecessário

Fotos: Gladyston Rodrigues/AOCUBO FILMES
"Em qualquer caso, é preciso fazer estudo do solo para mostrar a fundação necessária e prever custos" - João Batista Ribeiro da Silva, engenheiro civil

Antes de comprar um terreno é preciso conferir se os documentos estão em ordem. Se a intenção for sossego e praticidade, também é necessário evitar lotes em ruas de muito comércio ou corredores de ônibus e manter distância de casas noturnas e feiras abertas. Buscar proximidade de supermercados, farmácias, bancos e escolas também pode ajudar. Mas, se quiser fugir de chateações, o potencial dono do imóvel deve estar atento a muitas outras características do terreno.

Vários aspectos ligados à localização, à topografia e à extensão são relevantes, mas não são percebidos à primeira vista e muitas vezes só podem ser detectados por profissionais da área de construção. Se na lista dos imóveis pesquisados houver terrenos com inclinação, os engenheiros alertam que é preciso contabilizar os gastos com movimentação da terra (para aterros e escavações) e com estruturas de contenção. Terrenos planos, mas em área de várzea, podem conter risco de alagamento quando despencarem as chuvas torrenciais, cada vez mais frequentes no Brasil.

Apesar dos diferenciais geográficos, o engenheiro civil João Batista Ribeiro da Silva diz que não há lote ruim, o custo da obra é que vai variar. "Em qualquer caso, é preciso fazer estudo do solo para mostrar a fundação necessária e prever custos". Ele calcula que, para lotes com desnível em relação à rua, seja por declive ou aclive, a obra pode ficar até 20% mais cara na etapa de fundação e arrimo.
 
Fazer correções por causa de declives ou aclives pode encarecer obra em até 20% na etapa de fundação e arrimo

O engenheiro explica que, no caso de terreno com nível abaixo da rua, há vantagens, como o maior aproveitamento da área. "Usando pilotis, dá para usar o vão inferior para construir garagens mais espaçosas, utilizando rampas, depósito de produtos, lavanderias ou salão de festa, por exemplo". Por essa flexibilidade, os terrenos declives são bem cotados por construtoras interessadas em erguer edifícios, ampliando o número de vagas na garagem.

Lotes com aclive, elevados em relação ao nível da rua, demandam terraplenagem e muros de arrimo laterais e nos fundos. O futuro dono deve saber que será preciso contratar empresa especializada para o corte e transporte da terra, obter autorização para depositar o material retirado no bota-fora da prefeitura e tomar muito cuidado com as construções vizinhas, principalmente na época de chuva. "Terrenos acidentados devem ser comprados com orientação de profissional, que leva em conta o sonho das pessoas que procuram imóvel para comprar, mas que busca sobretudo viabilizar empreendimentos com retorno financeiro", alerta João Batista Ribeiro.

DIFERENÇA

O diretor da área imobiliária do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Bráulio Franco Garcia, é ainda mais desconfiado em relação aos terrenos com inclinação. "Se o terreno tiver declividade, as obras de arrimo podem sair mais caras do que a diferença entre o lote e um outro mais caro, em local plano".

Em áreas de brejo, a matemática antes da assinatura do contrato deve contemplar as despesas, logo na fase inicial da obra, para drenagem e fundação bem-feita, com um custo que varia de acordo com a carga que a estrutura vai suportar. "Já avaliei lotes declinados em que só para o corte e retirada de terra seriam gastos R$ 15 mil, um valor que é inviável para uma pequena obra residencial", conta João Batista Ribeiro.

Para conhecer o terreno, os profissionais recomendam uma sondagem no solo. Conversas com vizinhos do imóvel sobre a existência de fissuras nas paredes e qual o tipo de fundação utilizada ajudam a detectar problemas. "Para casas de um só pavimento, em área de brejo, o custo da fundação pode ser de 10% a 15% maior do que se o lote estivesse num solo consistente", calcula João Batista Ribeiro.

 
Veja outras matérias



 
 
 
     
Area do cliente  
Extrato de contas, segunda via de boletos
   
Newsletter  
 
  • 31 3891-4547
  • 31 9 7545-4456
  • 31 9 8568-7166
  • 31 9 8872-7908
  • P.F. 10401
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
    Mundo Mídia "Soluções Criativas"