Cadastrar imóvel imobiliária

Informativo

Pequeno espaços, grandes soluções
Deixe sua pequena casa espaçosa com toques modernos. Confira as dicas para renovar todos os ambientes

Eduardo Diório |
Fonte: Jornal da Tarde

Na última semana de 2008, muita gente costuma jogar papéis que não servem mais no lixo, doar roupas que estão no fundo da gaveta, fazer uma faxina geral na casa, mas não lembram de dar uma reciclada nos móveis da residência. Dar espaço para o lar - ainda mais quando ele é pequeno - é uma ótima oportunidade de deixá-lo com uma decoração minimalista, com leveza e equilíbrio. "A tendência é investir em poucos objetos, mas que tenham expressão e façam efeito no ambiente", garante o arquiteto Ricardo Candusso, responsável por diversos projetos de imóveis que possuem até 60 metros quadrados.

Segundo o profissional, quanto menor o espaço, mais inteligente deve ser a decoração. "Tudo tem de ser pensado para que o ambiente fique ao mesmo tempo bonito e confortável. O uso de móveis e objetos decorativos adequados é fundamental para se alcançar harmonia", explica. De acordo com essa tendência, é importante ficar atento para não cair nas armadilhas, como o excesso de quadros na parede. Ele explica que apenas um quadro pode causar mais impacto visual do que vários outros reunidos.

Já para a decoradora Cecília Ramon, um outro ponto que merece destaque (e cuidado) são os tapetes. "Quando o local em que será utilizado é pequeno, o ideal é escolher os com tons sóbrios, assim não chamam tanta atenção e diminuem o espaço. Prefira os menores, que cubram somente a área do sofá." Para Cecília, se puder evitá-los no quarto, melhor, já que acumulam sujeiras.

MOBILIÁRIO - Tratando-se de casas pequenas, os móveis são um capítulo à parte. De acordo com Candusso, o tamanho das peças influencia muito na decoração. Exemplo: uma estante parece ocupar muito mais espaço do que um rack. "É melhor apostar sempre num móvel baixo e poucas prateleiras na parede do que numa estante", ensina. O tradicional jogo de sofá (com dois e três lugares) também pode se tornar um problema e o arquiteto indica que sejam substituídos por poltronas e sofá de canto - que são suficientes para uma família de até quatro pessoas.

Para a sala de jantar, há no mercado sugestões de mesas pequenas que podem ser aumentadas apenas quando necessário. Algumas chegam a dobrar o tamanho e outras têm pequenas ampliações. Mesas com tampo de vidro também ajudam a dar leveza ao ambiente. "Para compor esse ambiente, é interessante usar artifícios que aumentam o local, como os espelhos. Opte por instalá-los no oposto da janela. Assim, a impressão de profundidade é maior", diz a decoradora de ambientes Ruth Guarnieri.

Nos quartos, os móveis planejados costumam otimizar espaços. "Bicamas, beliches, armários com escrivaninhas integradas e prateleiras nas paredes são bastante eficazes", indica Candusso. Os armários podem ser altos, de preferência acompanhando a altura do teto para aproveitar todo o espaço disponível. Na hora de escolher as cores da parede, dá para soltar a criatividade, mas com moderação. Nos móveis, os mais claros refletem melhor a luminosidade, fator importante para tornar o ambiente mais espaçoso. "O colorido deve aparecer apenas em algumas peças, como em uma única parede, nos objetos decorativos ou em uma poltrona ou sofá", explica o arquiteto.

Para finalizar e deixar a sua casa pequena mais espaçosa, use a iluminação como aliada. A iluminação indireta, para esse caso, é melhor do que os lustres, que tomam muito espaço do teto. Abuse de luminárias, varie na intensidade das lâmpadas e crie um clima intimista para o lar. No mercado, há vários modelos em conta com ar contemporâneo.

 
Veja outras matérias



 
 
 
     
Area do cliente  
Extrato de contas, segunda via de boletos
   
Newsletter  
 
  • 31 3891-4547
  • 31 9 7545-4456
  • 31 9 8568-7166
  • 31 9 8872-7908
  • P.F. 10401
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
    Mundo Mídia "Soluções Criativas"