Cadastrar imóvel imobiliária

Informativo

Cuide da qualidade da água
Especialistas recomendam limpar os reservatórios de água a cada seis meses

Luciele Velluto |
Fonte: Jornal da Tarde
 
 
                                                                      Fotos: Hélvio Romero/AE
A água de sua caixa precisa manter bons níveis de higiene, caso contrário o acúmulo de detritos pode prejudicar a qualidade do produto

A água que chega às nossas casas tem garantia das empresas de tratamento e saneamento. Mas e a qualidade do produto que está na caixa d?água das residências, condomínios e empresas? A responsabilidade pela potabilidade é do proprietário do imóvel, e, por isso mesmo, a vigilância sanitária recomenda que a cada seis meses seja feita a limpeza dos reservatórios de água.

Segundo Edivaldo Ferreira da Silva, professor de Hidráulica do Senai Orlando Laviero Ferraiuol, cerca de 90% da população não fazem a higienização da caixa d?água no prazo recomendado. ?Da entrada de água para dentro, a responsabilidade é do morador. Caso essa limpeza não seja feita regularmente, o consumidor fica suscetível a doenças como cólera, diarréia e até leptospirose?, comenta.

A bióloga da empresa especializada em dedetização e limpeza D.D.Drin, Priscila Damiani, explica que, por mais que a caixa seja bem fechada, a poeira passa pelos menores espaços e se acumula no local. ?Há resíduos que vêm do próprio sistema de água, e outros que podem entrar sem que o morador perceba, como insetos?, conta.

Enquanto nos condomínios e estabelecimentos comerciais essa limpeza é feita de seis em seis meses por exigências fiscais de certificação - o que pede que o serviço seja feito por uma empresa especializada -, nas residências, os reservatórios de água ganham pouca atenção dos moradores. ?Quase ninguém dá importância para isso. As pessoas geralmente esquecem ou têm preguiça de subir na laje para limpar?, comenta Priscila.

Segundo o professor do Senai,as caixas com até mil litros podem ser higienizadas pelo próprio morador. Acima disso, a recomendação é procurar um especialista. Mas, para quem não quer fazer o serviço por conta própria, há empresas especializadas que atendem de residências a grandes indústrias. Na D.D.Drin, para equipamentos que armazenam até dez mil litros, o preço do serviço é R$ 150.

Os cuidados para quem vai fazer a higienização são usar equipamento de segurança, como óculos, luvas de látex e máscara - pode ser a descartável (e a mais recomendada é a de carvão ativado), e cuidados no manuseio para não danificar a caixa.

O único produto recomendável para a limpeza é água potável e uma aplicação de hipoclorito de sódio (com 10% de concentração de cloro ativo), que será aplicado no reservatório. ?Não adianta colocar o alvejante comum que se usa para limpeza em casa. A pessoa vai tornar a água impotável por pelo menos duas semanas?, explica Silva.

Fora isso, os outros utensílios necessários são uma escova de cerdas de nailon, um esponja de louça ou vaporizador, um pano e balde. ?Não use nada de vidro, pois há o risco de quebrar?, recomenda Silva.

Faça você mesmo!

Limpar a caixa d?água não é nenhum ?monstro de sete cabeças?, mas requer alguns cuidados, pois trata-se de algo que influi no bem estar de sua família

1º - Feche o registro e consuma a água do reservatório até sobrar um palmo. Com essa quantidade, use uma escova para esfregar as paredes, começando pela parte mais limpa da caixa

2º - Após a limpeza, coloque 100 litros de água no reservatório (dez baldes), acrescente 200 ml (um copo americano) de hipoclorito de sódio e misture. Respeite a proporção para não haver contaminação da caixa. Não se esqueça de usar uma máscara nessa etapa

3º - Bóia, flanges e conexões também devem receber a mesma atenção para a higienização. Amarre a bóia para o alto, o que permite que o registro fique aberto para abastecer o restante da casa

4º - Após esfregar as paredes e fundo da caixa, a água deve ser retirada com ajuda de um balde ou copo de plásticos. Não use itens de vidro para evitar contaminação se houver quebra do mesmo

5º - Com um vaporizador ou a parte amarela de uma esponja para louça, espalhe pelas laterais a mistura por duas horas seguidas. Tanto as peças de fibro-cimento como as de fibra de vidro e polietileno podem receber o produto que eliminará bactérias e microorganismos

6º - É preciso que o reservatório fique totalmente seco e que todos os resíduos do fundo da caixa sejam retirados. Um pano pode ser usado para auxiliar a retirar totalmente a água do local

7º - O líquido com o produto químico poderá ser liberado pelos canos para a higienização dos mesmos. Em seguida, a caixa poderá receber nova remessa de água. Não se esqueça de repetir todo o processo na tampa e se certificar do fechamento correto do reservatório

 
Veja outras matérias



 
 
 
     
Area do cliente  
Extrato de contas, segunda via de boletos
   
Newsletter  
 
  • 31 3891-4547
  • 31 9 7545-4456
  • 31 9 8568-7166
  • 31 9 8872-7908
  • P.F. 10401
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
    Mundo Mídia "Soluções Criativas"