Informativo

Analise a melhor tabela de amortização
Escolher bem o sistema de cobrança de juros do financiamento evita dores de cabeça

Fonte: Jornal da Tarde

Financiamento com parcelas fixas e menores apenas no começo ou iniciais maiores, mas com boa redução ao longo do tempo. Muita coisa tem de ser considerada ao definir a forma de liquidação da dívida para a aquisição da moradia.

A maior parte dos bancos trabalha com o Sistema de Amortização Constante (SAC). As outras opções são a Tabela Price e o Sistema de Amortização Crescente (Sacre). Alguns usam fórmulas que mesclam os dois sistemas.

Simulação
Uma tabela preparada pelo vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, mostra bem o que pode acontecer com um imóvel de R$ 100 mil financiado em dez anos, com custo anual de 14%, em cada um dos sistemas disponíveis no mercado.

?Pela tabela Price, as parcelas são fixas e a inicial, bem menor do que nas outras modalidades (R$ 1.552,66 no exemplo, valor mantido até o fim)?, explica Oliveira, que tem um guia completo sobre a compra de imóveis em seu site - www.vidaeconomica.com.br. Já a prestação inicial no sistema SAC e do Sacre fica em R$ 2 mil.

Vantagens?
Então, pronto: vista assim, a tabela Price parece bem mais vantajosa do que as outras duas opções. Ilusão. Enquanto a parcela desse sistema será a mesma no 120º mês (o mesmo esquema costuma ser aplicado no crediário em geral), as outras vão caindo no período.

Pelo SAC, a última prestação será de R$ 879,93 e do Sacre R$ 783,79. A diferença se faz ainda mais evidente, se analisado o total pago no fim do financiamento: R$ 186.319,72 (Price), R$ 172.796,09 (SAC) e R$ 168.811,82 (Sacre). Mais de R$ 17 mil a menos entre o maior e o menor valor.

Como é cada sistema
Sac
No Sistema de Amortização Constante, o valor da prestação é composto por uma parcela de juros, que vai decrescendo uniformemente, e outra de amortização, que permanece constante. Ou seja, divide o saldo devedor pelo número de parcelas do financiamento. Somente o saldo devedor é corrigido pela TR e novamente dividido pelo número de meses restantes, resultando em prestações decrescentes.

Sacre
O Sistema de Amortização Crescente é uma variável do SAC, que difere por corrigir o saldo devedor antes de debitar a parcela do mês. Com isso, a amortização do valor emprestado é maior e a ação dos juros, menor.

Tabela Price
No Sistema Francês de Amortização, as prestações são fixas do início ao fim do financiamento. O valor é composto por uma parcela de juros que decresce ao longo do período e outra de amortização que cresce de forma exponencial. Paga-se menos no começo, mas as parcelas aumentam sempre e há uma grande diferença para mais no total.

 
Veja outras matérias